1.4.15

A DANÇA E O CINEMA








( elie faure - função do cinema e outras artes)

5.1.15

The River's edge - Allan Dwan

The River's edge
The end of a journey
There is no returning
There is only tomorrow...



Como se sabe, navegar até o seu objetivo depende de escolhas certas e da boa ajuda do destino. Em um mar, existem muitos caminhos, muitas histórias, muitos objetivos... Já a geografia de um rio, pelo que guardo em minha memória de filmes, livros e historias, pode apresentar dois cursos, esquerda e direita, rio acima ou rio abaixo e serão com essas opções que os personagens de The River's Edge poderão jogar. Amor ou dinheiro?

Dwan guia o curso de seu filme levando todos os três solitários a prova, o personagem de Anthony Quinn, homens simples que almeja fazendas e riqueza mas parece nunca ter sido humilde e paciente o bastante para conseguir isso ...


... uma Debra Paget ruiva de cabelos curtos que está longe das morenas bondozas e belas de DeMille, Lang ou Corman, e muito perto das femmes fatales da década passada...




e um Ray Milland que parece um cafajeste com alma tanto quanto o assassino ambicioso de Disque M para Matar. 




As provas dadas aos seus personagens do filme de Dwan avançam durante longo caminho até a fronteira e parecem não surtir efeito de humanização sobre Quinn, Paget ou Milland. Enquanto nem eles podem confiar um no outro, o espectador também não sabe em quem confiar inteiramente. É nesse momento em que o rio e o filme se aproximam de seu “edge”, agora as opções para escolher são vida ou morte, os personagens devem vencer o medo para se manterem vivos, nem que seja apenas nas memórias um dos outros.

"A vida como ela é" e Brisseau - Revista Foco

Penso que dentre os pontos entrelaçados neste filme do Brisseau, este representado por três frames é o que mais mata meu coração e provavelmente o de Agnes.


E agora:

Louis Skorecki,pílula de Os Indigentes do Bom Deus, 19 de novembro de 2003

17.10.13

Maureen O'Hara e A Guerra dos Sexos - Muito Lá de Casa, de João Bénard da Costa

Your eyes. I've looked into pistol barrels that are warmer. 





Os escravos dos acontecimentos - A Aventura de Brisseau






- Pensei que você sabia de tudo, mas você na sabe de nada.

- Como você está certa. O que é a vida, o que é o prazer, o que é o amor? Olhe essa paisagem. O que inspira em você? Um sentimento de calma e harmonia.Como é para mim. Mas, e você sabe disso, é antes de tudo um vazio, ainda que ao mesmo tempo cheia de plantas e insetos, e milhares de animais que devoram uns aos outros para sobreviver. As plantas crescem graças à luz, graças ao sol.